Month: February 2017

Workshop CADERNO DE ANDANÇAS

Workshop CADERNO DE ANDANÇAS
Paulo Emílio e Dori Negro
Colectivo Tuia de Artifícios

4 de março- [15.00h _ 18.00h ]

5 de março [15.00h _ 18.00h]1

Nesta oficina Paulo Emilio e Dori Negro , artistas do Nordeste Brasileiro convidam os participantes a executarem um caderno utilizando tecido e pintura. A atividade é bastante interactiva gerando momentos de performance e de narração de histórias.

3 de março, quinta da cruz : “AMAZÔNIA: Visualidade Gráfica, Poética e Imaginário »

ms1DIA 3 de Março , na quinta da Cruz

 

[14 3oh] PalestraAMAZÔNIA: Visualidade Gráfica, Poética e Imaginário »

Prof. Drª Marisa Cobbe Maass ; Prof. Dra. Célia Matsunaga Higawa (Programa de Pós Graduação em Design – Universidade de Brasília) com Ana Cláudia Gonçalves Mascarenha e Nathalia Delgado Gomes

Entrada Livre

[16. ooh- 18.00h ] Workshop de Impressão em linóleo sobre o tema Visualidade Gráfica, Poética e Imaginário

Sujeito a inscrição na Quinta da Cruz

AMAZÔNIA: Visualidade Gráfica, Poética e Imaginário
Esta palestra incide sobre O Projecto Cadernos Artivistas tal como foi explorado pelo grupo de pesquisadores da Universidade de Brasília, imerso numa pesquisa sobre a floresta e sua gente. Coordenada por Célia Matsunaga Higawa e Marisa Cobbe Maass, a comunidade constitui-se de professores, alunos de mestrado e alunos de graduação, nas áreas de conhecimento do Design, das Artes Visuais e da Comunicação, da Universidade de Brasília, Brasil.

A floresta é um lugar mágico, onde acontecem muitos encontros, e a Amazônia, um lugar de potencialidades imensas. O contato com a comunidade indígena Munduruku e com o Rio Tapajós é a base de onde parte a pesquisa exploratória desenvolvida por este grupo que tem como objetivo central o estudo e análise das representações sígnicas constituintes da identidade cultural de um povo, considerando o imaginário gráfico e também seu modus vivendi.

O vilarejo de Alter do Chão – Pará, Brasil é o locus de investigação. Com o estudo sobre a visualidade amazônica, esta investigação antropológica/poética/visual busca contribuir para o aprofundamento dos estudos sobre a cultura gráfica brasileira. A construção teórica – o corpus – buscará conduzir um processo de criação no qual os conhecimentos relacionados às representações visuais, sua origem, suas característica fundamentais, o sentido e a mensagem, transformar-se-ão em obras gráfico/poético/visuais.

Este livro de artista colaborativo é uma oportunidade de compartilhar a leitura de uma realidade paradoxal, ao mesmo tempo frágil e potente, trazendo sua chave subjetiva que faz aflorar proximidades e identidades.

Célia Matsunaga Higawa – Professora da Universidade de Brasília / Faculdade de Comunicação. Membro efetivo do Programa de Pós-Graduação em Design/UnB. Doutora em Artes pelo Instituto de Artes / Universidade de Brasília, linha de pesquisa “Arte e Tecnologia”. Mestre pelo Royal College of Art, Londres, Inglaterra em “Communication Design” (1998). Vem trabalhado como designer gráfica e artista, apresentando trabalhos em diferentes países tais como: “Degree Show” Royal College of Art, Londres, Inglaterra (1998); “Livro Escultura” Home From Home Gallery – Munique, Alemanha (2007); Fail. Again! Berlim, Alemanha (2013); OBRANOME: Antologia da Poesia Visual – Ano do Brasil em Portugal (2013); “The New Show” Parsons The New School for Design, Nova York, USA (2013); Museu do Complexo Cultural da República, Brasília Brasil. Ganhou o prêmio “RedDot Design Award” (Editorial) Red Dot Design Museum – Essen, Alemanha (2010).

Ganhou o prêmio CLAP 2013 – “Melhor trabalho de ilustração aplicada a projeto editorial” Madri, Espanha (2013). Pesquisador Visitante pelo Programa Ciência Sem Fronteiras / CNPq na Parsons The New School for Design, Nova York (2013). Livro Arte apresentado no The New York Book Art Fair – MoMA, setembro 2014.

Marisa Cobbe Maass – Professora da Universidade de Brasília/ Departamento de Design. Membro efetivo do Programa de Pós-Graduação em Design e do Mestrado Profissional em Artes/ UnB. Mestre (2005) e Doutora (2010) pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UnB com estágio na Universidade de Paris 1 – Sorbonne, Laboratoire d’Esthétique Théorique et appliquée. Atualmente desenvolve pesquisa de pós doutoramento no Instituto de Investigação em Arte, Design e Sociedade na Universidade do Porto.