arte contemporânea

Curso Arte Contemporânea como Inspiração na sala de Aula ( CULTURGEST) 2015

Screenshot - 03-11-2014 , 17_03_12

Ver Relatórios Sobre o curso:

Sandra   Céu   ANTONIO_    Joana Susana    Luís Filipe       Ana     Clara     Isabel         Joana     relatório formadora      Sofia  Inês 

 



Curso : Arte contemporânea como recurso interdisciplinar, 2014

Um curso em parceria com a  Culturgest – Fundação Caixa Geral de Depósitos

Lisboa, De  8 de fevereiro e 5 de abril de 2014

Um curso que para além dos técnicos dos Serviços Educativos da Fundação Caixa Geral de Depósitos teve   convidados de renome  no mundo da educação artística como Maria Jesus Agra Pardiñas e Sara Torres;   da educação museal como Stela Barbieri; artistas portugueses com  Ruy Otero João Queiroz;  e  Ricardo Jacinto Sara Torres . 

Do que se falou:

Ao professor cabe o papel de trazer os contextos culturais como recurso para dentro da sala de aula, como meio de encontro, empatia, compreensão das diferenças, integração, promoção de mentes saudáveis, porque capazes de compaixão e emoção ou então sair da sala de aula e ir com os alunos procurar a realidade fora da escola.

  • A arte tem um papel de desmontagem de preconceitos entre os diferentes setores da sociedade;

  • A importância de dar autonomia aos jovens, facultando-lhes o acesso às decisões tanto na sala de aula, como do sistema escolar;

  • O artista deve ser desmistificado e chamado a colaborar com as escolas;

  • As artes constituem uma disciplina ímpar nos currículos educativos para a promoção das dimensões emocional, ética e criativa no desenvolvimento humano

 

 Nesta formação, criaram-se condições para que os afetos fossem despertados e partilhados. Posto isto, criou-se, por consequência, a condição essencial para entrar nos conteúdos expostos pelos formadores. A este nível, o que mais útil para mim foi a noção e aplicação dos aspetos relacionados com a arte contemporânea através de uma dinâmica de grupo  (Formando  LF, Lisboa, 2014)

 

Ver Mais Relatórios

filomena

paulo

Maria Margarida 

Helena 

 



CONFIGURANDO O MAPA da AA , Melgaço , 2014

Pontes Educativas: Cultura Local/Cultura Global

pac



Curso:  A  arte contemporânea como ferramenta para a sala de aula 2014

Porto, Janeiro a Junho de 2014
Oficinas de Partilha com Fernanda Green

Aprendemos pouco a pouco umas com as outras ….

narrativas

‘La experiencia que importa sería aquella en la que tocamos los límites de nuestro lenguaje.
Además si, como decía Wittgenstein, los límites de nuestro lenguaje son los límites de nuestro mundo, la experiencia sería también allí donde tocamos los límites de nuestro mundo.
Por último, si nuestra subjetividad misma está hecha de lenguaje, si somos carne de palabras, la experiencia sería también el lugar donde tocamos los límites de lo que somos.
Se trata, entonces, de dar sentido a esa experiencia del límite (de lo que podemos decir, de lo que podemos pensar, de lo que podemos ser) y de discutirla en relación al arte y a la educación.’
Jorge Larrosa Bondía

This slideshow requires JavaScript.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s