Perguntas e Respostas

Publicamos aqui algumas perguntas enviadas para a APECV pelos professores e nossas respostas. Se é professor de Artes visuais, Educação Visual; Expressões junte-se a este forúm 

 

——————————————————————————————————————–

01-11-2015 17:37, AC
Boa tarde

Venho desta forma  pedir apoio/esclarecimento sobre avaliação dos alunos na disciplina de Educação Visual, quer ao nível dos trabalhos e ou testes (para quem os usa) quer ao nível e modo de os avaliar.
Estou a tentar apresentar ao meu grupo (600), que o principio de avaliar cada trabalho realizado pelo aluno mais as questões de “valores, atitude e comportamentos com grelhas de excell, são pouco viáveis, para uma disciplina como a nossa. Eu defendo a nossa disciplina como uma disciplina cujo carácter de subjectividade é mais formativo que quantificativo, ainda que no final tenha que resultar num nível, (caso do ensino básico). Esta questão é tanto mais difícil de realizar quantas mais turmas se tiverem e tem sido a tendência para o Ensino básico a disciplina ter apenas 90 minutos, implicando, para alguns professores, terem 8 e 10 turmas.

01-11-2015 17:37, APECV
Essa é uma questão que temos vindo a debater muitas vezes. Alguns professores de EV usam instrumentos  pouco válidos para  disciplina como testes de escolha múltipla or de resposta curta que não avaliam as competências essenciais da disciplina.  mesmo em exames de equivalência à frequência existem provas que apenas avaliam um conjunto pouco relevante de conhecimentos, ver por exemplo esta.  Ou esta são exemplos do que não deve ser uma prova de avaliação em EV e muito menos uma prova de equivalência à frequência, carecem de validade de conteúdo porque apenas pedem aos alunos para demonstrar uma parte muito reduzida dos conhecimentos adquiridos .
Outras provas são mais adeqyadas m termos de objectivos de avaliação, mas o curto espaço de tempo 90mn +30mn   dificulta a sua execução pelos alunos , ver por exemplo esta matriz.
Alguma escolas impõem aos professores de todas as disciplinas grelhas comuns  com critérios ou parâmetros de avaliação para todas as disciplinas , tal como o colega nos diz . No entanto os professores podem reclamar matrizes específicas para cada disciplina , o que faz todo o sentido em educação visual onde os critérios de avaliação são específicos e dificilmente se enquadram na linguagem das outras disciplinas.  As escolas não podem obrigar os professores a avaliar os seus alunos a partir de termos e conceitos irrelevantes para as artes visuais e educação visual. Nem obrigar os professores a Utilizar softwares únicos, tais como  folhas de cálculo do tipo  “Grelha de Avaliação”.   Cremos que tem toda a razão em reclamar uma grelha de avaliação  para a EV mais adequada para a disciplina. Teremos todo o gosto em ajudar o colega e mais professores que o desejem a criar uma grelha específica que contemple avaliação formativa e sumativa para uma avaliação autêntica dos alunos em EV com portefólios como instrumento de avaliação essencial.
Pode nos telefonar para a sede  ( terça de tarde 2-5.00h; quarta das 10-16h; quinta de tarde  2-5.00 h  ou sexta de manhã 10-13.00h  232098350 )
Advertisements